• Alexandre Madruga

PM de folga mata menor que jogava bola em praça de Magalhães Bastos


Ryan Teixeira do Nascimento, 16 anos, jogava bola com amigos na rua Laranjeiras do Sul em Magalhães Bastos, na manhã dessa quarta-feira (18). A bola caiu no telhado da unidade de saúde municipal Buá, e quando Ryan foi beber água foi atingido por uma bala e morreu. O cabo Pedro Henrique Machado de Sá foi o autor do disparo, mora próximo do local e é policial militar lotado na 1ª UPP do 22º BPM.

Segundo informações, quando a Delegacia de Homicídios chegou foi indicado por testemunhas de onde os disparos foram efetuados, que era onde morava o PM. Após realizar diligência, policiais civis prenderam o PM em flagrante, que reconheceu ser autor dos disparos e falou que atirou "pois os adolescentes estavam fazendo uma algazarra em frente sua residência". Com o policial foram apreendidas uma pistola 840 com dois carregadores.

Uma pessoa que mora próximo e que prefere não se identificar, disse que os meninos que jogam bola no campo ao lado do posto, têm hábito de pular a grade para beber água e que o policial irritado teria atirado para dentro da unidade de saúde e atingiu o jovem. "O garoto não tem nenhum envolvimento com crime. Muita maldade. Os moleques estavam fazendo besteira, mas coisa de garotada mesmo. Pra que matar, meu Deus?!", finalizou o morador.

Um texto que está viralizando nas redes como sendo da diretora da escola que Ryan estudou, não foi confirmado pela escola municipal Castelo Branco, onde o menor não estudava há três anos. Na verdade, uma vizinha do jovem que é autora da mensagem. "Gostaria de dizer bom dia para todos, porém infelizmente hoje não é um bom dia. Venho informar sobre o falecimento do Ryan um menino maravilhoso, levado sim como qualquer criança, o mesmo que vi na barriga da mãe e que foi aluno da E.M Castelo Branco. Coração partido, mas um anjo se foi, por existir pessoas ignorantes nesse país".

#MagalhãesBastos

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil