• Juliana Manes - Veterinária

PETSnews | Posse responsável, a regra é clara!


Ter um animal de estimação é, para a grande maioria das pessoas, um grande sonho. Há quem diga que não sabe viver sem um animalzinho…

Muitas pessoas que possuem animais de estimação os consideram como membros da família, oferecem muito carinho, atenção e o devido respeito que merecem, proporcionando-lhes uma vida digna e confortável. Mas muitos se esquecem que a responsabilidade que se deve ter com um animal de estimação é grande, trabalhosa e custosa ($$$).

Quando se pensa em adquirir um PET, devem ser considerados alguns aspectos importantíssimos, tais como: - Características comportamentais (para ajustar o comportamento do animal à rotina diária da família); - Tamanho quando adulto (no caso de adquirir um filhote) para adequação do espaço físico; - Custo mensal com alimentação de boa qualidade, banhos, medicamentos, etc; - Custo periódico com vacinações éticas (praticadas por veterinários) e exames de rotina; - Tempo para interagir com o animal e lhe dar atenção; - A segurança a ser oferecida para o seu pet no que se refere a ambiente abrigado e segurança contra fugas (colocação de telas de proteção para gatos, e muros altos com portões reforçados para cães de maior atividade física que apresentam habilidade para saltos, por exemplo); - Tempo de vida do animal: cães e gatos podem viver mais de 15 anos, portanto, deve-se ter em mente que precisarão de toda atenção, carinho e cuidados durante muitos anos.

Conforme falei em coluna anterior, a castração de seu animal de estimação também faz parte da POSSE RESPONSÁVEL, tendo em vista que evita não só a procriação desordenada como o aparecimento de doenças graves.

Infelizmente, é comum (e triste) em minha rotina na clínica, a chegada de um animal abandonado… e pasmem, não são só animais sem raça definida!!!

Os motivos do abandono são os mais variados...

Acredite, caro amigo leitor, há pessoas que abandonam seus animais porque eles sujam a casa, destroem objetos, fogem para a rua, ou por que são muito “bagunceiros”, necessitam de muita atenção, são desobedientes, agressivos, não aceitam outros animais da casa...

Muitos alegam também a mudança de uma casa para um apartamento, mudança para outra cidade, falta de tempo, chegada de um bebê, divórcio, falta de condições econômicas.

Os animais podem também acabar nas ruas porque os donos deixaram sair para “dar uma voltinha” e acabam se perdendo, sem saber o caminho de volta para casa.

A partir do momento em que é tomada a decisão de introduzir um animal à família, passa a ser de suma importância a observância de algumas REGRAS IMPORTANTES DE POSSE RESPONSÁVEL: - Cuidados básicos de higiene e alimentação: Informe-se com o veterinário responsável sobre qual a ração mais indicada para seu pet. Lembre-se de deixar sempre uma vasilha (limpa) com água fresca suficiente à disposição do animal, em lugar limpo, arejado e com sombra; - Banhos: o veterinário responsável pode te orientar a respeito do intervalo necessário entre os banhos para que a saúde de seu pet não seja prejudicada. Escovações podem ser necessárias, principalmente em animais de pêlo longo, para que não formem bolos de nó, o que pode causar desconforto e até doenças de pele. - Acomodação: mantenha o animal sempre em um local confortável e limpo, protegido do sol, frio, chuva e correntes de vento. Este local deve ser distante do local onde ele faz suas necessidades fisiológicas. - Saúde física: leve seu animal regularmente ao veterinário para vacinações anuais, e exames de rotina

É importante salientar que o abandono de animais constitui crime de acordo com a Lei Federal nº 9605/98.

Juliana Manes é Médica Veterinária formada pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2006), Pós-graduada em clínica médica e cirúrgica de pequenos animais (2007), Curso de atualização em medicina felina (2015), Proprietária da Veterinária Sulacap desde 03/05/2010. Contatos: 3357-9933/ 3253-1449 / 96439-8215 (WhatsApp) Facebook: Juliana Manes Página Facebook: Veterinária Sulacap Site: www.veterinária-em-domicilio.com

#Pets #Posse

Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil