• Alexandre Madruga

Dezenas de moradores comparecem em Assembleia da associação


Pouco mais de 40 moradores compareceram no Galpão Comunitário Jardim Sulacap, na noite da última quarta-feira (14), para participar da Assembléia Extraordinária convocada pela Associação de Moradores do bairro (Amisul). Durante o evento, a presidente Renata Almeida apresentou como funciona a nova associação, falou de projetos, especialmente o de segurança comunitária que está sendo desenvolvido e colocou em votação a adoção de mensalidade para associados, devido as despesas administrativas e operacionais que a Amisul tem.

- O prédio é público, mas é administrado pela associação. Um exemplo foram os extintores, que tivemos que comprar para substituir os vencidos, inclusive o que tem dentro da biblioteca municipal, que ocupa um espaço do galpão. Fora as despesas de telefone, internet, papel e outros. Então, para funcionarmos, precisamos do apoio dos associados. - finalizou a presidente, ressaltando que a Amisul é uma instituição privada e não recebe nenhum tipo de recurso do governo.

Ficou decidido que a mensalidade ficará em R$ 10 e a associação fará os procedimentos para começar a cobrança. Muitos moradores preencheram fichas para se tornar sócios e poderem votar na eleição para nova diretoria, que acontecerá no final dessa ano.

Vários moradores puderam questionar a nova administração, que se posicionou de ficar ao lado da comunidade, inclusive no uso do galpão para atividades comunitárias e eventos diversos. Renata reforçou que o prédio está a disposição e que informações podem ser adquiridas pelo zap 21 96695-2505.

O sucesso do evento de culinária na última semana foi lembrado. A presidente da associação avisou que terão outras atividades e que todos devem ficar acompanhando a página da Amisul (www.facebook.com.br/amisuloficial), onde todas as informações oficiais são postadas.

#AMISUL #Assembleia

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.