• Alexandre Madruga

Jovem da Nogueira de Sá que sonha em tocar e cantar, pede ajuda para fazer aulas


Pais querem ajudar com aulas para tocar e cantar, mas não tem condições financeiras para pagar

A adolescente Tatiana Mendes, 16 anos, corre atrás do sonho mesmo com todas as dificuldades que a vida impõe. Com outros dois irmãos, mora com os pais numa pequena casa de um quarto na Nogueira de Sá. Estudante da escola pública Ramis Galvão no bairro de Realengo, a jovem busca crescer para ser uma cantora de sucesso, mas para chegar nisso precisa de mais aulas de violão e canto, que a família não tem condições de pagar.

- Ela é uma menina meiga que desde os 10 anos se interessou em cantar e tocar, mas eu e o pai dela não temos condições de pagar uma aula de música e de violão profissional, que ajudaria ela melhorar para o seu futuro, porque é o sonho dela. – afirmou a mãe, Luana Mendes, 32 anos, que atualmente está desempregada. A mãe está fazendo campanha em todas as redes sociais pedindo ajuda, já teve apoio da igreja Batista Betânia, com aulas de violão e conta com ajuda de amigos para manter vivo o sonho da filha. Também distribuiu vídeos da jovem cantando, como uma apresentação que fez na igreja.

- Meu sonho sempre foi cantar desde que ganhei o meu violão. Gostava do Justin Bieber e tentava tocas as musicas dele. Agora sou mais inspirada em Ana Vitória. Meu sonho sempre foi entrar no palco e cantar minhas músicas. Eu queria só uma oportunidade. – finaliza Tatiana Mendes.

Quem quiser ajudar a jovem, dando aulas de violão ou canto, pode entrar em contato com a mãe dela pelo telefone 98317-9327. Quem sabe o sonho de uma menina, pode ser realizado com apoio de quem possa ajudar.

Vejam o vídeo da Tatiana Mendes cantando em casa.

Canal de Tatiana no YouTube, clique AQUI.


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.