Buscar
  • Alexandre Madruga

Ciep em Realengo está com rodízio de professores e alunos sem aulas


A educação é a garantia de um futuro melhor. Mas quando o presente não tem professores, como fazer? Essa é apenas uma das dificuldades que os alunos do Ciep Frei Veloso estão passando. Vários pais e responsáveis enviaram reclamações. Uma delas é que a direção da escola está tendo que fazer rodízio de professores, que em virtude do quantitativo reduzido, não estão conseguindo atender a todas as turmas. Com isso, as poucas aulas que existem estão com horário reduzido. Segundo um pai, o horário não deixa tempo para que se possa trabalhar.

- As vezes eu nem levo meu filho, pois entraria 12:30h e sairia 15h. É surreal. A gente quando coloca no integral é para poder ter tempo de trabalhar. E reduziram o horário, pois antes era 16:30h. – disse Fabiano Oliveira, 37 anos, que trabalha no ramo de laticínios e floricultura.

Quando os pais chegam na escola, se deparam com um aviso preso na grade com os professores que estarão trabalhando a cada dia.

Mas esse Ciep de Realengo já teve dias de glória, conforme relata uma ex-aluna.

- Estudei na Frei Veloso, escola maravilhosa. Ajudava nas comemorações festivas durante o ano na época de festa junina. Várias brincadeiras sadias. Os professores todos ótimos, a diretoria era excelente, fico triste de hoje em dia ver essas lastimáveis de decadência de uma escola que já foi nota mil em tudo no passado. – finaliza Alice Carreira, hoje com 67 anos e estudou na escola em 1951.

Por nota, a Secretaria Municipal de Educação (SME) informou que “está atenta às necessidades da unidade escolar e vem buscando, junto com a 8ª Coordenadoria Regional de Educação e a direção da escola, atender a todos os alunos em relação a manutenção das aulas mesmo com lacuna momentânea de quatro professores”. Ainda segundo a SME, “a estratégia de atendimento às turmas envolve professores de toda a unidade, inclusive da coordenação pedagógica e da Sala de Leitura. As classes estão tendo aulas de Educação Física e Educação Artística normalmente. E uma professora que estava de licença médica tem previsão retorno nesta quarta-feira (7/3)”.

A secretaria finaliza a nota, informando que “em breve”, o quadro de professores será regularizado, pois estão em fase de contratação pela SME, 500 novos professores concursados.

Olhando para o passado, a história mostra Frei Veloso como professor e primo de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, um dos percursores da independência do Brasil. Nos dias atuais, enquanto os novos mestres não chegam, o futuro dos alunos certamente ficará comprometido, ao menos em 2018 e sem uma independência escolar, por falta de mestres.


0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil