Buscar
  • Alexandre Madruga

Comlurb intensifica remoção de árvores e recolhe 2.379 toneladas de resíduos após temporal


Desde a madrugada de quinta-feira (15/02), em ações em todo município e intensificadas nos bairros mais atingidos pelo temporal e ventos fortes, a Comlurb atua com 2.500 garis, 141 veículos e equipamentos, como caminhões compactadores, basculantes, pipas, pás mecânicas e motosserras. Foram 1.640 ocorrências de queda de árvores e de grandes galhos, o maior número de incidências desde que a companhia assumiu a poda das árvores em áreas públicas em 2008. Até ontem, dia 19, foram cortadas e removidas 1.285 árvores, sendo 829 concluídas e 446 com os serviços em andamento, cortadas e armazenadas em local sem interferência no trânsito. Os garis estão atuando em toda a cidade, desobstruindo as ruas e liberando o tráfego, fazendo limpeza e raspagem de 3.750 km de sarjetas, além de remover 2.379 toneladas de lixo, lama e bens inservíveis. Está sendo reforçada a frota de remoção para atender as áreas mais atingidas onde os moradores descartaram seus móveis e demais objetos perdidos devido ao temporal. Durante o fim de semana e nesta segunda-feira, a Comlurb intensificou o atendimento emergencial às escolas e hospitais públicos. Estão sendo utilizados nove equipamentos de poda mecanizada, funcionando em dois turnos, para atender as demandas de queda de árvores, com 300 profissionais na atuação exclusiva de corte das árvores, além de utilizar 88 motosserras. Os serviços continuam para que todas as vias estejam desobstruídas no menor prazo possível, e em uma semana, com a remoção de resíduos, lama e bens inservíveis, raspagem e lavagem das ruas, a cidade volte à normalidade. No sábado (17), iniciou o trabalho com as equipes da Light se apresentando em cada uma das cinco gerências da Comlurb responsáveis pela poda. Equipes das duas empresas sairão juntas e toda vez que houver conflito com a rede elétrica, a Light corta a energia para que os garis possam fazer o serviço de corte e remoção de galhos e árvores. Em seguida os técnicos restabelecem a energia. Os bairros mais atingidos foram Tijuca, Ilha do Governador, Santa Cruz, Jacarepaguá, Jardim Sulacap, Campinho, Vila Cosmos, Centro, Irajá, Quintino, Barra da Tijuca, Recreio, Pedra de Guaratiba, Penha, Valqueire, Rio das Pedras e Campo Grande, entre outros bairros. Foram desobstruídos os principais corredores viários da cidade afetados pelas chuvas: Avenida Brasil, Linha Vermelha, Estrada do Catonho, Estrada dos Bandeirantes, Estrada do Pau Ferro, Estrada do Galeão, entre outras vias.  


0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil