• Andréa Bezerra - Turismóloga

TURISMOnews | Conheça Jericoacoara


Jericoacoara, no Ceará, é uma vila de pescadores incrivelmente linda e que conserva seu ar rústico, como você verá assim que vencer, possivelmente a bordo de uma jardineira, os 23 quilômetros de dunas entre Jijoca e Jeri. Você até vai ouvir o sotaque cearense, mas o que chama a atenção é o português puxado de italianos, belgas, franceses e estrangeiros de outras partes do mundo que por aqui se estabeleceram.

As culturas dos gringos influenciaram a gastronomia e criaram novos hábitos. Se por um lado há grande variedade de receitas internacionais nos restaurantes, por outro o visitante tem de se adaptar a horários estranhos: a maior parte das lojas fica fechada no começo da tarde (alguns estabelecimentos só abrem as portas no fim da noite).

Nas ruas de areia fofa (abasteça sua mala – de preferência, sem rodinhas – apenas com pares de chinelo e sandália), a contemplação e o sossego são os exercícios principais. Mas isso não quer dizer que o tempo ali é igual para todo mundo, no ritmo dormir cedo para aproveitar a praia assim que o sol nascer.

Para alguns, o amanhecer marca a hora de ir para a cama, depois do forró, passando antes na Padaria Santo Antônio, que abre na madrugada com pães de queijo quentinhos. Ou seja, os boêmios também têm vez nesse pedaço do litoral cearense que há duas décadas não tinha nem luz elétrica.

Hoje a estrutura turística, com pousadas, hotéis, restaurantes e lojinhas, não impede a preservação do cenário de dunas como a Duna do Pôr do Sol, onde todo mundo se encontra no fim de tarde, seja voltando de passeios de bugue pela região, seja acordando de um cochilo para recuperar as energias para uma madrugada de agito.

A Praia da Malhada, à direita da vila, é perfeita para banho e caminhadas. Na maré baixa, caminhe pela trilha que se abre até a Pedra Furada, curiosa formação esculpida pelas águas do mar. Se não for pela trilha, só a cavalo ou de bugue para chegar até ali.

O bugue, aliás, é essencial para se deslocar para cenários igualmente apaixonantes nos arredores. Ainda que pareça um sacrifício sair da vila, vale a pena o “esforço” de visitar lagoas com águas cristalinas, caso da Azul e Formosa (veja como são os passeios de bugue para as lagoas), nas quais é possível testar a invenção mais deliciosa do lugar: as redes para deitar com meio corpo dentro da água.

No segundo semestre, o horizonte fica pontilhado pelas cores das velas dos praticantes de kitesurfe e windsurfe, que deslizam velozmente no embalo dos fortíssimos ventos.

Para sempre… Quem conhece Jericoacoara não esquece jamais. A beleza das paisagens impressiona a todo o momento: lagoas de água doce e salgada, praias intocadas, rochas esculpidas pelo vento numa área de 200 Km², onde são proibidas a caça, a pesca predatória ou qualquer tipo de poluição. Vale a pena ficar pelo menos cinco dias, porque a viagem é cansativa mas os visitantes geralmente esticam a viagem por mais alguns dias. Às vezes porque não tiveram tempo suficiente para conhecer tudo, às vezes porque simplesmente não conseguem deixar para trás tanta beleza…

O nascer da lua ou o pôr do sol??? Por se localizar no extremo norte do estado do Ceará, Jericoacoara tem o mar tanto à leste como a oeste, sendo portanto um dos poucos lugares do Brasil onde é possível ver o nascer e o pôr do sol no mar, o mesmo ocorrendo com o nascer e o pôr da lua.

Para ver o pôr-do-sol, o local mais procurado é uma duna gigantesca localizada do lado oeste da vila, conhecida como Duna do pôr-do-sol. Já é tradição em Jericoacoara, acontecer uma roda de Capoeira na praia, todos os dias após o pôr-do-sol.

#Jericoacoara #Turismo

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil