• Valcir Ramos - Economista

GESTÃOnews | Por que “passo o ponto” após poucos meses da abertura?


Quantas vezes você viu no seu bairro “lojinhas” serem abertas e, alguns meses depois, o comerciante pendurar na fachada o famoso “Passo o Ponto”?

Você sabe a razão de muitos negócios quebrarem poucos meses após iniciar suas atividades?

O motivo é simples: “FALTA DE PLANEJAMENTO”. Não pense você que só porque “o Roberto montou e deu certo” o seu também vai dar.

Antes de abrir o seu negócio você deve fazer um “Plano de Negócios”.

Abaixo um resumo dos pontos que não podem deixar de ser levados em consideração: 1) Por que você resolveu partir para esse tipo de empreendimento? 2) Quais os pontos/conhecimentos/habilidades você possui que possam ser considerados como “forças” positivas para esse tipo de negócio? Alguns deles precisam ser aprimorados? 3) Existem outras “oportunidades” no segmento que possam futuramente fortalecer o seu negócio? Você já consegue antever como poderá utilizá-las a seu favor? 4) Quais pontos poderão ser considerados como “fraquezas” suas nesse tipo de negócio? Quais providências você deverá tomar para neutralizá-los? 5) Quais as possíveis “ameaças” ao seu negócio? Você traçou um plano visando fazer algo para minimizá-las? 6) Você já conhece bem do negócio/atividade que está montando? 7) Conhece local onde você pretende se estabelecer? Conhece o seu mercado? Seus possíveis clientes? Sua concorrência? 8) Já tem em vista profissionais do ramo ou onde você irá recrutar mão de obra preparada? 9) Já definiu como você vai operar nesse mercado? Definiu todas as premissas e processos relacionados? 10) Já tem idéia de quanto você vai investir nessa montagem? 11) Você possui todos os recursos necessários? Vai necessitar financiamento? Já possui agente financeiro? Sabe o custo desses recursos? 12) Já fez uma projeção do quanto você pode/precisa vender por mês? 13) Já pesquisou quais seriam seus possíveis fornecedores? 14) Já fez um levantamento de todos os custos envolvidos? Legalizações, Impostos, Despesas, Investimentos, Financiamentos, Capital de Giro necessário? 15) Já montou um orçamento aderente às premissas e estratégias definidas? Sem antes responder aos 15 itens acima e estar bastante seguro de cada questão, sugiro a você não gastar um centavo.

Agora que você está pronto para fazer as projeções financeiras, que deverão estar totalmente aderentes a todas as premissas e estratégias definidas em seu estudo, inicie pelos investimentos da montagem e faça a previsão a mês a mês das receitas e despesas da operação (mínimo de 1 ano).

Outro ponto essencial é a elaboração de um cronograma, para fase pré-operacional, definindo todas as atividades, prazos e responsáveis por cada tarefa.

Se você chegou até aqui e se convenceu que está pronto para seguir adiante, informo-lhe que existem ainda outros pontos a serem considerados e que devem fazer parte de seu planejamento.

Esses novos pontos tem agora mais a ver com a gestão, acompanhamento, definição de Indicadores de Performance, apuração de resultados, comparação com o orçamento prévio, análise dos desvios e tomada de decisão para correção daquilo que não está se realizando conforme o planejado.

Lembre-se, um “Planejamento” não é estático. Ele é uma base de projeção futura e deve ser visitado, acompanhado, comparado e revisado constantemente.

Na realidade um “Planejamento/Orçamento” é uma projeção antecipada de como seu negócio deverá se comportar. Logo ele servirá de “norte” para comparação com os resultados ocorridos de forma a avaliar se as coisas estão se realizando dentro do previsto (esperado) ou se há necessidade de medidas de correção de rumo daquilo que está se comportando “fora da curva” prevista.

Dica Final: Lembre-se que se você tiver que captar recursos (empréstimos), para investir no seu negócio, haverá um custo (juros) que deverão ser considerados em seu orçamento. Da mesma forma se você vai utilizar recursos próprios, esses recursos também tem um custo que deve ser considerado no seu orçamento. Afinal, se você não fosse utilizar essa “grana” ela estaria aplicada lhe rendendo algum juro mensal. A esse custo chamamos de “custo de oportunidade”.

Valcir Ramos é Economista, pós-graduado em Adm. Financeira pela FGV-RJ, Consultor/Coach na VRamos Consultoria Planejamento Estratégico e Gestão

www.vramosconsultoria.com.br / (21)98106-8974

#passooponto #Gestão

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil