• Benilce Benvindo - Assistente Social

SERVSOCIALnews | Infância perdida


Caros leitores vamos iniciando mais um ano e hoje gostaria de esclarecer um pouco sobre infância, um termo pouco utilizado, mas que me preocupa e acredito que muitos de vocês também tem essa preocupação.

Antes de iniciar vamos definir o que é infância: Segundo a enciclopédia livre, infância é o período que corresponde desde o nascimento até os doze anos de idade, é um período de desenvolvimento físico e humano.

E o que seria a tal da infância perdida?

Nada mais é do que os estágios que não foram devidamente desenvolvidos e vividos através das diferentes fases que a criança passa durante a sua infância, suas necessidades não foram atendidas e definitivamente não houve afeto e apoio suficiente para cada diferente etapa vivida por essa criança, além de muitos outros fatores que foram negligenciados.

Enquanto Assistente Social no Brasil, muito tenho visto em relação à negligência e quando falo negligência não estou só me referindo aos pais ou as famílias, falo também das políticas públicas, falo do Estado e de todos nós, falo da sociedade.

Caros leitores não devemos nos calar, me sinto muita preocupada com nossas crianças e com base na minha experiência profissional peço que se preocupem com menos julgamento, vejo e escuto muitas pessoas falando: “ Seria melhor a criança estar trabalhando do que ficar na rua” ou “se fulano estivesse trabalhando não teria roubado”. E eu pergunto trabalhar em que condições, insalubridade, periculosidade, no meio da rua, entre os carros, sendo explorado, trabalhando feito um escravo?

Seriam essas as condições? E a infância ficaria perdida? Você deixaria seu filho trabalhar?

Acredito numa sociedade menos desigual em que o filho do pobre tenha os mesmos direitos na prática assim como os nossos filhos, mas para isso temos que parar de julgar e querer viver a vida do outro sem ao menos compreender aquela realidade, não temos esse direito o de impor limites a infância de nossas crianças, nem de qualquer outra criança.

Então meus caros vamos agir com coerência em relação a esses fatos e não nos deixar influenciar por discursos sem base alguma de pessoas que não tiveram infância, pois lhe foi roubada e por esse motivo querem roubar de outras crianças.

Faço-te uma sugestão, reflita sobre sua infância e aceite que estamos em outra época, colha os frutos do que lhe serviu e faça uma adaptação ao cenário que vivemos hoje, leia sobre infância e pratique no dia a dia com seus filhos, incentive quem precisa ampliar sua visão, você estará colaborando para que outras crianças não tenham sua infância roubada ou perdida.

Meus queridos vamos adentrar nas políticas públicas sobre os direitos da criança e do adolescente, vocês irão se surpreender com tamanha negligência do poder público.

Minha meta é apoiar, refletir e trabalhar em prol das classes menos favorecidas, querendo contribuir, sugerir, entre em contato através do email: valeubere@hotmail.com

Agradeço imensamente a oportunidade.

Sou Benilce, Assistente Social pela Universidade Castelo Branco, especialista em Terapia de Família pela Universidade Candido Mendes e Historiadora pelas Faculdades Integradas Simonsen, possuo ampla experiência com famílias em situação de vulnerabilidade social e crianças e adolescentes com deficiência.

#ServiçoSocial #Infância

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil