• Renata Cyríaco - Gestora Escolar

EDUCAÇÃOnews | Arrogância Infantil


Segundo a Wikipédia, a "arrogância é o sentimento que caracteriza a falta de humildade.O arrogante não deseja ouvir os outros, aprender algo de que não saiba ou sentir-se ao mesmo nível do seu próximo. São sinônimos, o orgulho excessivo, a soberba, a altivez, o excesso de vaidade pelo próprio saber ou o sucesso."

O que temos visto muito hoje em dia são crianças dessa nova geração mais arrogantes com os adultos. Há uns anos as crianças eram mais submissas e acatavam com mais facilidade qualquer determinação dos pais, pois tinham certeza que se não acatassem iriam apanhar ou ficariam por muito tempo de castigo (não que seja algo que eu concorde). Hoje em dia as coisas se tornaram diferentes, pois os pais tendem a ceder mais as vontades dos filhos, tendem a oferecer mais espaço, bens e autoridade,como uma forma de suprir a sua ausência, uma forma de não ficarem em débitos com seus filhos por não estarem atendendo plenamente seus papeis idealizados de pais perfeitos.

As características de uma criança arrogante são: egocentrismo, irritabilidade, são crianças mais rudes, se gabam com suas conquistas e tendem a ficar muito aborrecidas quando alguém não lhes dá atenção. A criança arrogante desqualifica a opinião dos outros, diz sempre que o que é dela é melhor que dos outros, ocupa a maior parte do espaço nas brincadeiras e conversas. Há pais que se sentem acuados e desprovidos dos seus papéis.

A prepotência infantil normalmente é a exteriorização de uma personalidade insegura e de não aceitação, onde desmerecer as outras pessoas é uma forma que encontram de aproximação. As famílias dessas crianças têm como base a não delimitação de territórios e a falta de clareza de papéis familiares.

A arrogância também camufla a baixa autoestima e complexo de inferioridade, e por mais absurdo que possa parecer, tudo que essa criança deseja é ser querida. Mas ela tem dificuldades em receber e dar carinho e quer se mostrar racionalmente superior. Por trás de uma criança arrogante existe uma criança com medos, inclusive de não ter aprovação,de não ser a melhor, medo que os amigos e pais a critiquem e acabar perdendo seu lugar.

Importante, nesses casos, estimular e valorizar atitudes de generosidade e humildade, e ajudar a criança a aprender a se desculpar e compreender os danos que causou por alguma atitude inadequada com o outro.

E não esqueçam que, crianças precisam brincar, precisam de espaço livre, abertoe precisam de tempo com os pais, mas um tempo com qualidade (uma hora com qualidade é muito mais valiosa que 6 horas sem)!

Renata Cyríaco é Professora, Fisioterapeuta, Gestora escolar,Especializada em educação especial e inclusiva, pós-graduanda em psicopedagogia institucional e clínica e Coah Infantil.

#Educação #ArrogânciaInfantil

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.