Buscar
  • Benilce Benvindo - Assistente Social

SERVSOCIALnews | Empoderamento feminino nas relações familiares


Caros leitores hoje vou falar de um tema bastante atual, porém pouco falado e discutido principalmente entre os homens. Aproveitando para lembrar que ambos devem ser tratados com o devido respeito. E nesse sentido que acredito que respeito deve ser o primeiro passo no decorrer das relações familiares, é nesse ponto que tudo começa tanto o amor como o desamor.

Vocês devem estar se perguntado o que amor tem a ver com empoderamento feminino e respeito? Meus caros têm tudo em comum.

Vou começar com um exemplo bem clássico, contudo pouco refletido. Quem preparou sua ceia de natal? Ficaria muito feliz com comentários masculinos assumindo e relatando que desempenharam essa função, rsrs. Valorizamos a dona de casa? A mulher que não trabalha fora e que trabalha dentro de casa?

Caros leitores o empoderamento feminino sempre existiu e sempre foi pouco reconhecido e digo isso com convicção, e sem ter alguma relação com o feminismo, digo sem dúvida alguma que ambos não possuem relação direta.

Para que acompanha minhas colunas, citei em algum momento sobre as mães que desempenham dupla jornada de pai e mãe, quando falei sobre mães guerreiras, tutoras de crianças com deficiência.

Eu acredito que a mulher tem o poder de comandar, liderar, cozinhar e fazer qualquer coisa que queira, sua capacidade de agir e pensar, cuidar da casa, trabalharem fora e dentro de casa, lavar, passar, cuidar dos filhos com ou sem deficiência, cuidar do marido, namorado, administrar um lar, ser pai, mãe, ser uma MULHER, não é para qualquer um mesmo, não desmerecendo o sexo masculino, precisamos deles sim, mas o poder que a mulher tem de desempenhar várias funções diferentes no decorrer de 24 horas é fantástico.

O amor, o respeito é fundamental nas relações familiares, não podemos aceitar que mulheres se tornem vítimas de maus tratos só pelo fato de serem mulheres e sofrerem com o paradigma de serem frágeis, mulheres são empoderadas sim, tem a capacidade de amenizar conflitos, apaziguar dificuldades e tolerar o inflexível, quando se tem respeito e amor é claro.

A mulher não deve se calar deve denunciar a violência, deve relatar sua ingratidão, seu valor é imenso, o respeito deve ser seu sinônimo sua fonte para qualquer relação familiar.

Família tem que cuidar, se relacionar com respeito e reconhecer o poder da mulher.

Acredito num mundo sem preconceitos em que esses valores sejam concebidos e estimados nas relações familiares como alavanca para as pacíficas relações sociais.

Meu respeito e admiração em igual a todas as mulheres e homens, que se reconhecem com amor e respeito. Votos de um ano novo livre de preconceitos, com menos desigualdades e mais gratidão.

Mulher se fortaleça se ame e não aceite sua incapacidade, crie meios de vencer suas barreiras e se capacitar para viver com dignidade.

Caro leitor querendo contribuir ou realizar alguma sugestão , entre em contato através do email: valeubere@hotmail.com,

Agradeço imensamente a oportunidade. Sou Benilce, Assistente Social pela Universidade Castelo Branco, especialista em Terapia de Família pela Universidade Candido Mendes e Historiadora pelas Faculdades Integradas Simonsen, possuo ampla experiência com famílias em situação de vulnerabilidade social e crianças e adolescentes com deficiência.

#Empoderamento #ServiçoSocial

0 visualização
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil