• Silvana Rocha - Técnica em Estética

ESTÉTICAnews | Retenção de líquido e inchaço


”Para ter um corpo saudável e evitar a retenção de líquidos é importante priorizar uma alimentação balanceada com frutas, verduras e legumes, evitar o consumo de sal, sódio e açúcar e fazer exercícios regularmente, pois o sedentarismo é um dos fatores agravante”.

A retenção de líquidos (insuficiência do organismo para eliminar os fluidos em excesso) podendo indicar erros alimentares facilmente alteráveis, má circulação ou alterações hormonais, motivadas, por exemplo, pela menstruação, gravidez ou menopausa. Este problema origina mal-estar e inchaço e pode estar associado ao aparecimento de celulite. Os membros inferiores, sobretudo as coxas, e a zona abdominal são as áreas mais afetadas pelo edema.

Retenção de Líquidos não somente nos problemas estéticos mas também nos problemas de saúde

Embora, em princípio, a retenção não pareça representar um risco maior é necessário prestar atenção, pode ser um sintoma de uma condição de saúde mais grave, como hipertensão, doenças cardíacas, renais ou problemas de fígado.

Como saber se estou com Retenção de Líquidos?

Uma maneira simples de saber se estamos com retenção de líquido é colocar pressão sobre a pele sobre a área inchada se ela permanecer marcada por muito tempo significa que estamos com retenção de líquidos. Perceba, ainda, se seus pés incham muito a ponto de sapatos e meias ficarem apertados ao longo ou no final do dia, ou se amanhece com pálpebras ou rosto inchado.

O Que Provoca a Retenção de Líquidos?

Existem muitos fatores que podem causar a retenção de líquidos, incluindo: as flutuações hormonais causadas pela gravidez ou a menopausa, uma dieta rica em sal e sódio, falta de proteína e nutrientes, consumo excessivo de álcool, sedentarismo, doença cardíaca e renal ou hepática, período pré-menstrual entre outros.

A retenção de líquidos também pode ser devido a alterações nos vasos linfáticos, problemas de obesidade,varizes, inflamação ou doenças inflamatórias, trombose venosa renal, tumores, calor ou umidade e até mesmo vestir roupas muito apertadas.

É importante descobrir as causas da retenção de liquido para tratá-la efetivamente. Edema leve geralmente é corrigido com medidas simples, no entanto, é preciso consultar um médico ou especialista para descartar uma possível causa relacionada a problemas de saúde.

Sintomas da Retenção de Líquidos

Os principais sintomas da retenção de líquidos são o ganho de peso inexplicável, inchaço das pernas ou das mãos, mal-estar geral, palpitações, fraqueza, cãibras, sensação de peso nas pernas.

Além disso, esteticamente falando, pode causar celulite e aumento de volume considerável.

Formas de prevenir e tratar a Retenção de Líquidos

Drenagem Linfática

A drenagem linfática é um dos procedimentos mais recomendado no combate à retenção de líquidos, além de ser essencial no pós-operatório das cirurgias plásticas. Baseada em um método altamente especializado, a drenagem linfática manual melhora também a circulação e a oxigenação dos tecidos. É responsável por permitir o transporte da linfa com mais agilidade a fim de estimular a eliminação do excesso de líquido contido entre as células do corpo.

Por ser relaxante e indolor, este método é bastante utilizado na acumulação de líquidos que ocorre durante a gravidez, na síndrome pré-menstrual ou, entre outras situações, e à mudança de hábitos alimentares.

Retenção de Líquidos e a Atividade Física

A frequência da atividade física ajuda na melhora da saúde e na qualidade de vida, melhorando o quadro de retenção de líquidos, pois quando você corre ou caminha melhora a circulação no organismo, facilitando a liberação de líquidos acumulados no corpo, além de acelerar o metabolismo, tonificar os músculos, dar mais ânimo e sensação de bem estar devido a produção de endorfinas no cérebro decorrente das atividades físicas.

Retenção de Líquidos e a Alimentação

É importante ficar atento também com a dieta, pois existem alimentos que podem causar ou agravar o inchaço. Quando se consome alimentos rico em sal, como embutidos, enlatados, queijos amarelos, molho tipo shoyu, fast foods, o organismo precisa reter mais água para que seja possível fazer a diluição desse mineral. Então, o organismo não deixa a água ir embora por conta do acúmulo de sal.

Já os alimentos probióticos, como os iogurtes, são eficientes, pois os micro-organismos vivos tornam a flora intestinal mais saudável, além de ajudar a absorver melhor os nutrientes e diminuir o inchaço.

Em relação ao consumo de frutas, existem diversas com alto poder diurético e que possuem em comum uma boa quantidade de nutrientes que facilitam a eliminação de líquidos. Melancia, melão, abacaxi e pera são exemplos. Seus nutrientes, potássio, magnésio, vitaminas do complexo B e água juntos aumentam o fluxo de urina e ajudam a eliminar toxinas com a renovação de líquidos corporais.Propriedades das frutas diuréticas mais conhecidas:

Melancia Essa fruta é conhecida pelo alto teor de água, o que a torna aliada da hidratação. Além do poder diurético, possui licopeno, uma substância que auxilia na prevenção contra o câncer, especialmente de próstata e mama, além de doenças do coração.

Melão Essa também é uma fruta diurética, que possui ainda propriedades antioxidantes, que combatem os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento. Pelo alto teor de potássio, possui também ação cardioprotetora, ajudando a equilibrar os níveis de pressão arterial, e fibras, que auxiliam na regulação do intestino, melhorando também o desconforto causado pela constipação.

Abacaxi Rica em nutrientes que auxiliam no combate à retenção de líquidos, tem também muitas fibras que melhoram o funcionamento intestinal, diminuindo o inchaço abdominal. Possui também uma enzima chamada bromelina, que auxilia na digestão.

Pera Além de auxiliar na eliminação de líquidos, possui pectina, uma fibra também relacionada ao melhor funcionamento intestinal e que está envolvida no controle glicêmico e do colesterol.

Maçã É uma fruta diurética natural, graças à boa quantidade de potássio e vitamina B6. Assim como a pera, possui pectina.

Limão Também é rico em potássio, fibras, manganês, e é conhecido por reforçar o sistema imunológico graças à quantidade de vitamina C.

Coco Sua água possui alta quantidade de potássio e magnésio, o que auxilia na eliminação de líquidos. Receita de suco diurético – 200 ml de água de coco – 8 folhas de hortelã – 1 fatia de melão

Poderosa fonte de sódio e fósforo, a água de coco é um hidratante natural. Por sua vez, o melão possui potássio, que tem efeito diurético. Já a hortelã é estimulante do bom funcionamento de todo o aparelho digestivo.

Água e seus ricos benéficos na retenção de líquido e no bom funcionamento do organismo

Não é à toa que os especialistas recomendam o consumo de, no mínimo, 2 litros de água por dia: na quantidade certa, ela mantém a hidratação, garante seu organismo em pleno funcionamento e combate a retenção de líquidos. Quanto mais água você bebe, maior o volume de sangue. Com isso, as células ficam mais irrigadas e o organismo não retém sódio.

Alguns benefícios da Água:

• Diminui o inchaço • O volume de sangue aumenta quando o corpo está bem hidratado, favorecendo a circulação e evitando a retenção de sódio, principal responsável pelo inchaço.

• Promove o equilíbrio do organismo • A água ajuda na absorção dos nutrientes necessários ao corpo para se manter saudável e ainda auxilia na eliminação de toxinas nocivas ao organismo.

• Auxilia no processo de emagrecimento • Além de aumentar a sensação de saciedade entre as refeições, a água também é indispensável no processo de digestão, diminuindo sintomas como a sensação de estufamento e a prisão de ventre.

Dica: Durma com os pés elevados acima do nível do coração. Basta colocar travesseiros sob as pernas para que os pés fiquem elevados na hora de dormir.

ATENÇÃO A desidratação pode causar retenção de líquidos, pois quando o corpo está desidratado ele retém a água, em vez de dispersá-la. A fim de que o corpo possa processar corretamente os fluídos que recebe, ele deve estar adequadamente e consistentemente hidratado. O corpo vai então, utilizar o fluido necessário para mantê-lo hidratado e dissipar o excesso, em vez de retê-lo.

Se você acredita que a retenção de líquidos pode ser a causa da desidratação, então você pode estar tendo alguns desses sintomas: sede constante, retenção de urina, fraqueza, tonturas, cólicas, dores de cabeça e boca seca.

Avisos Não tome nenhum suplemento de vitaminas/minerais antes de consultar o seu médico, especialmente se você estiver tomando qualquer medicação.

Não consuma grandes quantidades de água para tratar a retenção de líquidos, se você tem problemas crônicos do fígado. Consulte o seu médico se você tiver, ou desconfiar que tenha, problemas hepáticos, e se o seu abdômen ou outras partes do corpo apresentar inchaço. O consumo excessivo de água pode ter um efeito negativo sobre os órgãos que estão tentando combater o excesso de fluido no corpo.

Peça conselhos ao seu médico sobre o melhor método de tratamento. "Uma alimentação equilibrada é ideal para manter a saúde e a forma em dia."

Continuem acompanhando, até a próxima!

Silvana Rocha - Técnica em Estética, Linfoterapeura e Micropigmentadora (Formada pelo SENAC-RJ)

Dúvidas e perguntas: Redes sociais:

WhatsApp: 21 99369-7818 Facebook: Design da Pele Instagram: @designdapele

#Estética #Retençãodelíquido #inchaço

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil