• Alexandre Madruga

HOLÍSTICOnews | O Amor é o “elixir quântico” para a vida!


“Ainda que eu falasse a língua dos anjos e dos homens, sem amor eu nada seria” Paulo de Tarso, em 1 Coríntios 13 Não, o tema de hoje não é religioso em si, apesar da citação bíblica acima. Por falar na Bíblia, esse trecho, serviu de inspiração para uma belíssima canção do grupo Legião Urbana, a música “Monte Castelo” (1989), que também recebeu trechos do soneto de Luís Vaz de Camões (1524-1580), intitulado “Amor é um fogo que arde sem se ver”.

Falar sobre o amor é, ao mesmo tempo, fácil e muito difícil. Parece fácil, pelo fato dessa palavra tão sublime, profunda e complexa, ter sido, digamos, “esvaziada”. Como se diz nas redes sociais, falar “eu te amo”, virou “bom dia”. De forma geral, pouco entendemos sobre o que, realmente, significa o sentimento “amor”.

O amor tem várias nuances. Em uma mesma palavra, temos vários significados. Para entender seu sentido, precisamos recorrer ao antigo idioma grego, onde o amor tem 4 definições e assim, podemos ter uma melhor compreensão da sua profundidade e complexidade. Vamos aos significados:

1 – “Eros” – é o “amor romântico”, não necessariamente com sentido sexual, embora possa ser relacionado, também, ao desejo, à atração física, ao prazer e ao sexo, propriamente dito. Para o filósofo Platão (428-347 a.C), a atração física não precisa trazer, necessariamente, o amor erótico, por isso existe a expressão: “amor platônico”, que significa “amor sem atração física”. Também segundo o filósofo, o eros nos traz recordações da beleza da alma e, portanto, ele contribui para que compreendamos a verdade espiritual do amor. 2 – “Philia” – que pode ser traduzido como amizade, companheirismo, um “amor desapaixonado”. Nesse tipo de amor, não há a presença do “eros”, pois é relacionado como sendo o amor entre irmãos e amigos. Quem o conceituou foi o filósofo Aristóteles (384-322 a.C). O filósofo dizia que esse amor demonstra-se pela lealdade, sendo um meio para se atingir a felicidade. 3 – “Agape” – esse termo dá ao amor seu significado mais “difícil”, digamos assim, pois relaciona-se ao amor incondicional, amor divino, com autossacrifício, inclusive. É o “amar ao próximo como a si mesmo”. É esse amor que precisamos buscar e desenvolver na profissão de terapeutas holísticos. Na verdade, em todas as profissões e em tudo o que fizermos. Os filósofos gregos usaram esse termo para denotar uma afeição contrastante com o amor philia e eros. Era esse o amor que Jesus tanto falava em seu dia a dia, prédicas, sermões etc. 4 – “Storge” – esse amor é a “afeição”, o afeto. Como o afeto que os pais sentem pelos seus filhos, por exemplo. Amor familiar, um amor que nasce naturalmente. Considerado como o mais benéfico de todos os afetos humanos. Como eu expus acima, o amor ágape, é o principal sentimento que deve permear tudo o que fazemos. Desde os trabalhos “corriqueiros” do dia a dia, até nossos trabalhos profissionais. Como terapeutas holísticos, o amor ágape sempre é a pauta do dia.

Esses dias recebi um texto de autoria desconhecida, direcionado a nós, terapeutas holísticos. Texto de uma profundidade ímpar, que eu gostaria de compartilhar com vocês, pois nos faz refletir sobre nosso papel enquanto profissionais, de forma geral. Leia com bastante atenção e reflita sobre cada frase: AOS CURADORES Você pode andar o mundo se preenchendo de técnicas, conhecer segredos de respiração, movimentos, alinhamentos "num sei das quantas", magnetismo, fazer óleo sagrado, florais potencializados, ter contato com gurus e mestres encarnados em experiências profundas, mas se você não se esvaziar pra ser somente AMOR diante de outra alma que te procura como fonte de ajuda, de nada adiantou este caminho mental. Ele pode confundir muito mais do que supomos. Os fenômenos e as experiências extraordinárias que fazemos são importantes para o Ego, não para sua Essência. Quando os passos dados são para o coração, você já começou a sua própria cura, que cura o mundo inteiro nesse meio tempo. É o amor que traz tudo o que você necessita materialmente, numa dança que é fluida, natural. O desespero e aflição por lotar salas, consultórios, centros e comunidades holísticas só nos faz enxergar que todos nós ainda precisamos da verdadeira cura. O amor não se sustenta em ansiedade e aflição, não cabem no mesmo lugar. Ser amor em sua totalidade, em um processo terapêutico requer esvaziar-se de si mesmo com alegria e preencher-se do outro que é você, com sua total plenitude. Que sua melhor ferramenta seja o AMOR que você guarda no seu peito aliado às técnicas que você se afinou. Desperte, Curador, com amor! Dentre as técnicas que pratico em consultório, existe uma que se chama “Terapia Multidimensional – A Cura pelo Coração”. Essa terapia é destinada à cura e ascensão da consciência e tem sua base nas novas energias que estão chegando na Terra, a cada dia mais. Ela foi criada em 1989, em Paris. Tendo sido canalizada, diretamente dos Seres de Luz, por Hélène Abiassi e, logo em seguida, também pelo amigo dela, João Carlos Paliteiro.

Na TM trabalha-se o chacra cardíaco, o chacra do coração. Através desse chacra, podemos acessar todas as dimensões e trabalhar na transmutação de tudo o que existe na terceira dimensão que prende e limita a vida do cliente.

Assim como no Reiki, as curas se dão nas áreas física, mental, emocional e espiritual e abrangem todas as situações da vida: saúde, finanças, família, relacionamentos, questões espirituais, dores crônicas, problemas recorrentes etc. Curar o coração, possibilita remover marcas cármicas, retirar os bloqueios emocionais e tudo o mais que não deixa livre a circulação do amor incondicional em nosso ser.

O tratamento é feito por seres da 5ª Dimensão e é coordenado pelo Mestre Adama, Mestre Sananda (que é o nome de Jesus na 5ª dimensão), Mãe Maria e Arcanjo Miguel.

Este tratamento também faz o resgate da nossa alma e dos nossos corpos que ainda estejam presos em situações de outras épocas e/ou dimensões, curando vidas passadas, futuras e paralelas, promovendo a desobsessão e o encaminhamento dos seres obscuros que porventura nos acompanhem; também promove a limpeza de magias e implantes, cura da nossa criança interior, limpeza e alinhamento dos chacras e corpos sutis, resgate da autoestima e da autoconfiança. O tratamento atua no passado, presente e futuro da nossa linha de tempo e também nas realidades paralelas e em todas as outras dimensões, para reconectar o nosso Eu Superior com a sua Essência Divina. Sendo assim, a TM também pode nos ajudar espiritualmente em quaisquer dificuldades, como as já citadas anteriormente.

Inúmeras vezes trazemos de vidas passadas, ou mesmo dessa vida, acordos, pactos, votos, juras, contratos ou promessas, que impedem a manifestação do nosso livre-arbítrio, nos prendendo em situações e padrões negativos e a TM atua, justamente, fazendo a rescisão desses acordos, deixando nosso caminho livre. Nesse tratamento, sempre há um aumento na frequência vibratória do cliente, trazendo-lhe paz e um profundo bem-estar.

A “cura pelo coração”, como é realizada na Terapia Multidimensional, por exemplo (e em todas as terapias holísticas), têm como ênfase o amor incondicional, pois como escrevi no título deste artigo, o amor é o “elixir quântico” para tudo na vida!

E não estou dizendo que isso tudo é muito fácil, pois não é. O amor incondicional deve ser treinado, dia após dia. Podemos até estabelecer metas para isso: amar um pouco mais a cada dia, sendo mais simpáticos com as pessoas, julgando menos, ouvindo mais a opinião do outro, respeitando e cuidando (na medida do possível) de toda forma de vida. Quando reconhecemos que não somos os donos da verdade, que não somos os donos da Terra, que somos parte um Todo muito maior, que fomos feitos para viver comunitariamente com todos os demais seres vivos, a vida se torna mais fluida, mais leve.

Amor incondicional também passa pelo respeito, por ter consciência que nossa liberdade e direito não podem ultrapassar, tampouco sobrepor, a liberdade e o direito dos outros seres.

Termino nossa reflexão de hoje, deixando mais uma meditação para todos nós: Os 5 Princípios do Reiki. Prometo que farei um artigo explicando um a um dos cinco princípios!

Gostaria muito do feedback de vocês! Fico muito feliz quando me perguntam, sugerem, enfim, quando interagem comigo. Meus contatos seguem ao final deste artigo. Fiquem à vontade para entrar em contato. Namastê! (“A divindade que habita em mim, saúda a divindade que habita em você”) 1 – Somente hoje não sinta raiva e não fique zangado; 2 – Somente hoje abandone suas preocupações; 3 – Somente hoje agradeça suas bênçãos; 4 – Somente hoje faça seu trabalho honestamente; 5 – Somente hoje seja gentil com todos os seres vivos. Josi̊ Sàldanha é Numeróloga Cabalista, formada pela ABNC – Academia Brasileira de Numerologia Cabalística, Terapeuta Psicopedagoga Holística, em várias especialidades, afiliada à ABRATH – Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos (CRTH-BR 2564), Pedagoga formada pela UERJ, Teóloga especialista em Ciências da Religião pela UNESA, Sacerdotisa há 15 anos, com dois livros publicados na área de Teologia. Telefones Oi: 3357-7399 e 98464-4568 Whatsapp e celular Claro: 99232-4887 www.josisaldanha.com.br contato@josisaldanha.com.br www.facebook.com/josisaldanhanumerologa

#Amor #Esotérico #Holístico

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil