© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil

  • Alexandre Madruga

Ilumina Zona Oeste com exposição em dezembro na Taquara


Exposição de projetos apoiados pelo Instituto Rio traz novo olhar sobre a Zona Oeste

Arte, cultura, interatividade, causas sociais e muita criatividade: esse é o resumo da exposição “Ilumina Zona Oeste”, que acontece entre 2 e 9 de dezembro, das 10h às 17h, no Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, na Taquara (RJ). No evento, uma realização do Instituto Rio, organizações sociais e grupos da Zona Oeste terão, cada um, uma ambientação para falar sobre suas causas e expor os trabalhos que realizam. Uma oportunidade para conhecer iniciativas sociais e culturais da maior área no Município do Rio de Janeiro, com território correspondente a 73,97% da cidade e mais de dois milhões de moradores.

“Ao falar de Zona Oeste, é comum ouvir ‘lá é muito longe’. Uma reflexão interessante é pensar: longe para quem? A região esbanja talento e cultura, além de um forte sentimento de pertencimento e cidadania. A Zona Oeste quer se tornar visível, quer receber visitas, quer trocar experiências, quer fazer parte do mapa e oferece rica contribuição para a cidade do Rio de Janeiro”, afirma Vera Saboya, conselheira do Instituto Rio.

Uma exposição para aguçar sentidos A missão do evento é criar uma experiência inédita e inesperada sobre a Zona Oeste, a partir das visões e atividades de quem está no território. Os visitantes devem se preparar, por exemplo, para conhecer virtualmente um quilombo, dançar ballet com meninos e meninas em um ambiente todo especial, desconstruir preconceitos e/ou mergulhar em uma piscina sem se molhar para uma aula especial de hidroginástica e de vida. O desafio proposto é de que, a partir da criatividade, o público possa pensar, viver e sentir a importância do trabalho das organizações e os impactos positivos gerados na Zona Oeste. Foi desse processo que surgiram ainda uma casa sem paredes, uma sala de cinema diretamente de Rio das Pedras e até aulas de Hip Hop vindas do Fumacê. Durante os sete dias de evento, também serão realizadas apresentações musicais, performances e teatro, além de rodas de conversa, saraus e o seminário “Reimaginando a Zona Oeste”, liderado por Raquel Fernandes, diretora do Museu.

As instalações e as atividades culturais e criativas foram cocriadas pelas organizações e grupos, durante quase cinco meses, em parceria, com o Instituto Phi, gestor do edital 2017 do Instituto Rio, a arquiteta Bel Lobo e sua equipe, o Museu Bispo do Rosario, e a designer de experiências Veronica Marques.

Sobre o Instituto Rio O Instituto Rio é uma fundação comunitária criada em 2000 com o objetivo de apoiar e fortalecer iniciativas que promovem o desenvolvimento social da Zona Oeste na cidade do Rio de Janeiro. Durante 17 anos, apoiou 258 projetos nas linhas de atuação: ações afirmativas; raça, gênero e protagonismo jovem; economia criativa e solidária; arte e cultura; geração de trabalho e renda; tecnologias sociais; desenvolvimento comunitário e institucional; direitos humanos, justiça social e cidadania; direitos sexuais e reprodutivos; comunicação comunitária e acesso às tecnologias digitais; educação afirmativa; desenvolvimento socioambiental/meio ambiente; esporte e saúde. Ilumina Zona Oeste Data: 2 a 9 de dezembro Horário: 10h às 17h Entrada franca Local: Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea – Estrada Rodrigues Caldas – 3.400 - Taquara (RJ)

#IluminaRio #ZonaOeste #InstitutoRio #Museu