• Saulo Souza - Jornalista

POLÍTICAnews: O incômodo dos ônibus mal conservados não era passageiro


Quase 5 milhões foram parar nas mãos de “pé grande”

Durante o depoimento de Edimar Moreira Dantas, um dos funcionários do doleiro Álvaro José Novis, operador do esquema de propinas do ex-Governador Sérgio Cabral, várias planilhas foram entregues ao MPF onde aparecem 5 repasses em valores que somam quase R$ 5 milhões para uma pessoa de codinome “pé grande”. Sem grandes dificuldades, o beneficiário desse valor foi identificado como o atual Governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão e fazem parte do esquema de propina da FETRANSPOR

Em mais um escândalo no Rio de Janeiro, a delação de Edimar associa o esquema de recebimento de propina da FETRANSPOR aos parlamentares fluminenses, Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, que foram presos no último dia 16, e cujas prisões foram revogadas em sessão fechada na ALERJ, na sexta-feira, 17. O repasse de propina, que já era frequente quando o ex-Governador Sérgio Cabral ainda era presidente da Assembleia Legislativa do estado, tem o objetivo de relaxar a fiscalização dos ônibus que circulam no Estado do Rio de Janeiro. O estado de conservação dos transportes públicos, que deveria ser monitorado pelo DETRO, é péssimo, e os transportes estão circulando em condições fora do padrão por causa permissividade das autoridades do estado.

O Governador Pezão afirma desconhecer o delator, Edimar Moreira Dantas. O MPF recebeu também informação de que o esquema de propina da FETRANSPOR era organizada por José Carlos Lavouras, responsável pela administração do caixa 2 da Federação de Transportes de Passageiros, e repassada ao Governador por um assessor do gabinete, Luís Carlos Vidal Barroso, ainda com contrato vigente no gabinete do Governador Pezão. Segundo o delator, os repasses foram feitos em diferentes endereços, mas muitos foram entregues à Barroso na rua, no Centro do Rio.

#Pezão #Ônibus #Fetranspor #GovernodoRio #Passageiros #Transporte

Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil