Buscar
  • Renata Cyríaco

Vamos falar um pouco de inclusão?


Infelizmente, esse ainda é um assunto bastante delicado, principalmente quando falamos sobre a inclusão nas escolas. Mas, nunca será demais falar em inclusão. É obrigação da escola definir estratégias de trabalho adequadas a cada aluno, para que tenham um trajeto escolar adaptado às suas características.

Ainda há instituições que só desenvolvem o trabalho com o aluno que tenha alguma síndrome, algum transtorno, ou seja, com a criança que apresenta algum tipo necessidade educacional especial, caso os responsáveis apresentem algum laudo. É preciso entender que, devemos trabalhar baseados nas características apresentadas, mediante a observação da equipe (professor, coordenador, responsável pela educação especial e inclusiva). As adaptações e o PEI (Plano educacional individualizado) devem ser realizados mediante a essas características. É claro que, um laudo, facilita o trabalho da equipe, de repente para um trabalho mais específico, mas saibamos que o laudo não deve ser critério para que se façam as devidas adaptações. Inclusive, isso está sendo orientado na nota técnica 04/2014 – orientações para laudos – SECADI/MEC.

Incluir vai muito além de apenas efetivar a matrícula; incluir é amor, incluir é carinho, incluir é ser, ao mesmo tempo que humano, técnico; incluir é abraçar, no sentido literal da palavra. Incluir é, não só a escola, mas também a família e a equipe interdisciplinar, estarem caminhando juntas, em prol de um único objetivo. Incluir é lindo!

“Promover uma educação inclusiva não é privar o indivíduo do direito de ser avaliado, de ser contemplado e analisado em seu crescimento e desenvolvimento. Trabalhar de modo inclusivo é manter certos princípios do padrão universal, pois as pessoas com necessidades especiais têm o direito de serem avaliadas em suas potencialidades, de serem enxergadas como sujeitos capazes de superarem expectativas. É permitir que todos tenham a oportunidade de demonstrar resultados, competências e conhecimentos, equalizando e disseminando uma educação de qualidade para todos” - Teixeira e Nunes. Renata Cyríaco é Diretora Escolar, Coach Infantil, Pós graduada em gestão escolar e educação especial e inclusiva e Cursando pós graduação em psicopedagogia clínica e institucional.


46 visualizações
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil