• Alexandre Madruga

No primeiro semestre desse ano, Sulacap registra média de um roubo ou furto por dia


Dados de Campo dos Afonsos, Deodoro e Realengo também foram pesquisados

Dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) dos registros feitos na 33ª DP, entre janeiro de julho de 2017, colocam o bairro de Sulacap como o de menor índice de incidências criminosas. Mas entre roubos e furtos, a média beira quase uma ação por dia. Contudo, olhando os números mês a mês, as atividades somente de roubos não são altas. No pior mês, em maio foram registrados 24 roubos no bairro, o que não alcança média de um por dia. Em fevereiro e junho, meses de menor incidência, foram registradas 13 ocorrências em cada mês, dando uma média de um roubo a cada dois dias. O horário de “pico” da ação dos bandidos são às 5h da manhã, além de 19h e 21h.

Como a sensação de insegurança no bairro é muito alta, segundo os moradores, muitos credenciam os baixos números ao não registro das ocorrências por parte de vítimas. Vale ressaltar que previamente, os registros podem ser feitos pela Delegacia Virtual na internet. Qualquer dificuldade de atendimento na delegacia, pode ser comunicado na Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) pelos telefones 2334-8823 / 8835.

Em contraste com Sulacap, também estamos disponibilizando os registros de ocorrências dos outros bairros que abrangem a 33ª DP, que também são de responsabilidade do 14º BPM. Para facilitar que as ocorrências cheguem ao conhecimento da PM, o Sulacap News e a Polícia Militar, através do comando da área, estão em fase de testes de uma iniciativa que ajudará nessa comunicação cidadão-policial. A novidade será divulgada na reunião do Conselho Comunitário de Segurança, que será realizada na ViaRio, concessionária da Transolímpica, no dia 28 de setembro às 9h. Todos moradores podem participar da reunião, que terá presença de todas as autoridades da área de Segurança Pública, além de outros órgãos de apoio.

Jardim Sulacap

Realengo

Deodoro

Campo dos Afonsos


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.