Buscar
  • Renata Cyríaco

A Educação Infantil


Na Educação Infantil é desenvolvido o trabalho com crianças de 0 a 5 anos de idade, e é considerada a primeira etapa da educação básica. Temos como objetivo, o desenvolvimento integral das crianças, cognitivo, socioemocional e físico. É considerada uma etapa crucial na vida das crianças, pois adquirem capacidades fundamentais que irão impactar na vida adulta, e por conta disso, a educação infantil é tão importante.

O carinho, o amor, o cuidado, a alimentação, e o brincar, são primordiais para que uma criança se desenvolva de forma satisfatória, lembrando que cada criança é única, apesar das suas fases. Em algumas crianças, o desenvolvimento esperado é mais lento e em outras mais rápido que o habitual. É importante que os pais não gerem expectativas em cima disso, pois acabam transferindo para a criança, mesmo sem querer, e isso pode ocasionar sérios transtornos. Deixem sempre as coisas leves, respeitando o momento da criança.

Devemos lembrar também que, não é na Educação Infantil que a criança aprender a ler e a escrever, não é na Educação Infantil que ela deverá ser alfabetizada, pois ela não tem maturidade neural para isso, a não ser os casos onde a alfabetização é de uma forma natural. Vamos respeitar as fases, seus momentos, vamos lembrar que o processo de alfabetização e letramento deve iniciar no Ensino Fundamental I, e que ele deve acontecerentreo primeiro e o terceiro ano. Há crianças que terminam a Educação Infantil lendo e escrevendo,mas isso não é uma regra, pois cada uma tem o seu tempo de desenvolvimento maturacional cognitivo. Caso não aconteça, não deve haver qualquer tipo de frustração por parte dos pais ou da própria criança.

Pular etapas não é sadio, e caso aconteça, só na fase adulta saberá os transtornos causados. A impressão que tenho, é que as crianças estão adoecendo devido a tanta ansiedade e pressão. Há pais que se sentem realizados com crianças que têm livros na Educação Infantil e saem por aíse vangloriando pelo seu filho já saber ler e escrever com letra cursiva e não se preocupam com o fato de esse mesmo filho ter 4, 5 anos e não conseguir explorar seu próprio mundo e compreender o mundo que o cerca, que não gasta sua energia brincando e exercitando a imaginação.

Segundo estudos de Piaget, as etapas do desenvolvimento são: 0 a 2 anos - sensório motor; 2 a 7 anos - pré-operatório; e 12 anos em diante - operações formais, e para que formemos as crianças em sua plenitude, de maneira saudável, devemos respeitar essas etapas.

E lembrem-se sempre: brincadeira é coisa muito séria! A criança que brinca tem uma condição muito melhor e maior de se desenvolver do que a que não brinca, e é imprescindível que ela esteja feliz no ambiente escolar.

Renata Cyríaco é Diretora escolar / Pós graduada em gestão escolar e educação especial e inclusiva/ cursando coaching para crianças.


219 visualizações
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2018 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil