top of page
  • Foto do escritorAlexandre Madruga

Lar de Daniel Cristóvão pode fechar por falta de verbas


Uma importante instituição do bairro, que atende quase mil famílias por mês, com atendimento especializado de habilitação e reabilitação da pessoa com necessidades especiais, pode fechar as portas por falta de condições financeiras. Para aumentar a crise, a Fundação da Infância e Juventude (FIA), ligada ao Governo do Estado, parou de repassar as verbas e suspendeu o contrato, empurrando o Lar de Daniel Cristóvão (LDC) para o precipício, e com ele, muitas famílias que dependem dos serviços gratuitos, como artes, educação física, fisioterapia, fonoaudiologia, musicoterapia, pedagogia, psicologia, psicomotricidade, terapia ocupacional, e serviço social.

- Proporcionamos as famílias, principalmente as mais carentes, as mesmas chances de acesso aos atendimentos especializados e interdisciplinares, com a possibilita ainda, através do transporte institucional, o acesso aos usuários de cadeira de rodas e com dificuldades de transporte pessoal. – afirma a coordenadora e pedagoga Priscila Pastura.

Há 14 anos sobrevivendo da ajuda de convênios e doações, atualmente a crise do país e principalmente do Estado, levou a suspensão e o adiamento de convênios firmados, sendo necessária a redução funcionários, prejudicando significativamente a qualidade dos atendimentos.

- Ao longo desses anos o Lar de Daniel se empenha em realizar as atividades com seriedade, compromisso, amor e qualidade, porém diante do contexto atual, estamos enfrentando grandes dificuldades em manter a folha de pagamento dos funcionários e suprir despesas básicas para o funcionamento diário da entidade como: água, luz, telefonia, alimentação e manutenção. – lamenta a presidente Elena de Fátima Martins.

Algumas empresas que passaram pelo bairro já ajudaram o LDC. O Consórcio Construtor da Transolímpica (TransRio) construiu uma área de convivência e reformou a quadra poliesportiva em agosto de 2015.

Quem quiser colaborar, pode apadrinhar uma ou mais crianças, com valor mensal de R$ 50. A doação poderá ser realizada através de depósito bancário nas contas: 20353- x /Ag.: 1508-3 Banco do Brasil, C/C: 18306-7 /Ag:2379, Banco Bradesco e C/C: 10167-1/ Ag.:4550, Banco Itaú, ou também na própria instituição.

O Lar de Daniel Cristóvão fica na Rua Joaquim Ferreira nº 11, em Jardim Sulacap. Telefones 3357-9619 / 3016-6179.


Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

PSS - banners sulacap-06.png
bottom of page