• Alexandre Madruga

Transolímpica impacta o bairro, mas reduz tempo de viagem para Barra


A mais nova via expressa do Rio de Janeiro, que corta o bairro de Jardim Sulacap, é operada pelo consórcio ViaRio, formado pela Invepar, Odebrecht Rodovias e CCR.

Orçada em R$ 2,2 bilhões, a Transolímpica será administrada por 25 anos, ligando Recreio e Deodoro. O alto valor da obra se deve aos muitos túneis e pontes que foram construídos. O percurso que antes era feito em média com 90 minutos, agora é completado em menos de meia hora, num percurso de 25 quilômetros, sendo que menos da metade dele são de responsabilidade do consórcio. A velocidade média de 80 quilômetros por hora será controlado por pardais de velocidade, que serão brevemente instalados. Por hora, segue monitorada por 104 câmeras de segurança e possui 53 telefones de emergência.

Inaugurada em 29 de agosto, nas primeiras horas de funcionamento, aproximadamente 7.400 veículos passaram pelo pedágio. Mantendo essa média, a quantidade de veículos deve alcançar os quase 20 mil veículos diários. Apesar da ViaRio não ter passado os dados, o consórcio analisou como “positiva” a primeira semana de funcionamento da Transolímpica, mesmo com a proibição do uso do pedágio das alças da Estrada do Rio Grande, em Jacarepaguá. De acordo com o consórcio, esse pedágio faz parte do contrato, mas as negociações de ativação seguem em andamento. Apesar do local ainda não estar em funcionamento, o quadro operacional da empresa permanece o mesmo e sem previsão de demissões, tendo 30% desses como moradores do bairro Jardim Sulacap.

O bairro também foi altamente impactado pela obra e os moradores esperam contrapartidas sociais e ambientais da empresa. De acordo com Maria Clara, da Comunicação da ViaRio, a empresa possui um instituto para projetos específicos e com o tempo, devem buscar a comunidade para implementar projetos.

Dentre os tantos problemas constatados da obra, um deles é a entrada da alça da Estrada Marechal Fontenelle, ao lado do Motel Caravellas. Muitos pedestres e motoristas reclamam da falta de sinalização e do modo que foi construída, com pisos intertravados no mesmo nível da calçada, aparentando não ser uma rua. De acordo com Clara, “a decisão e projeto são da área de engenharia da prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro”. Essa engenharia foi procurada e informou que “a prioridade é do pedestre, por isso o mesmo nível com a calçada”.

Os problemas oriundos de acabamento, todos registrados em fotos, foram encaminhados para a engenharia da obra, que prometeu retornar ao bairro em outubro, para finalizar e concluir todos os pontos pendentes da construção da Transolímpica. Por hora, as equipes estão em Curicica concluindo os arremates finais.

Além do ponto positivo de redução no tempo de chegada a praia, outro ponto constatado veio do ramo imobiliário. De acordo com profissional na área, após inauguração do Parque Shopping Sulacap e Transolímpica, o bairro Jardim Sulacap teve um aumento de 30% nos aluguéis e valores dos imóveis para venda. Mesmo com uma especulação financeira que elevou os valores a mais de 100%, após um tempo, esse valor se reduziu, chegando ao patamar atual.

Ao futuro ficará a decisão de, com tantos pontos negativos e positivos, ainda valerá a pena morar no bairro mais bucólico e ecológico do município do Rio. Por hora, muitos prós e contras entre usuários e moradores. O bairro, carente de tantos serviços, precisa de muita atenção governamental e da ViaRio, com a implementação rápida de projetos, reconhecendo assim o grande impacto que causou ao bairro e sendo parceira dos moradores.

A via é um legado olímpico, mas o bairro mantém a preocupação nas contrapartidas sociais e ambientais, para reduzir o impacto da Transolímpica em Jardim Sulacap.


Clique na imagem para baixar aplicativo da Rádio para celular
image1.jpg
Ajude a manter vivo o Jornalismo Local

Pedimos sua contribuição para mantermos um jornalismo profissional, valorizando informações qualificadas, contra fake news e dando voz a nossa região. Somente com seu apoio e ajuda financeira, conseguiremos continuar trabalhando para todos vocês, que confiam na nossa missão.

© 2020 Sulacap News

Jardim Sulacap - Zona Oeste do Rio de Janeiro - Brasil